PRODUTOS

O motor diesel é um motor de elevada taxa de compressão, no qual o combustível diesel entra em ignição devido ao calor desenvolvido na compressão.

O ciclo motor diesel compreende a admissão do ar na câmara de combustão, a compressão desse ar junto a injeção do combustível que queima espontaneamente produzindo uma explosão, a expansão dos gases e a exaustão dos produtos da combustão.

Esses motores movimentam máquinas tais como:

  • Caminhões;
  • Ônibus;
  • Máquinas agrícolas;
  • Embarcações marítimas;
  • Locomotivas;
  • Geradores elétricos;
  • E muitas outras máquinas e motores de grandes portes nos mais diversos setores.

O Combustível óleo diesel é constituído de mistura de hidrocarboneto, pouco inflamável e pouco volátil, logo o mais seguro na prevenção de incêndio. Mesmo sendo o mais poluente, ainda é o combustível mais usado em nosso País. A fração de óleo diesel do petróleo bruto contém compostos de enxofre e nitrogênio que fornecem lubrificação natural para proteger as bombas de combustível e injetores de desgastes. Os limites de enxofre do combustível estão se tornando progressivamente mais rigorosos, e o processo de dessulfuração (retirada do enxofre)do combustível diesel tende a remover esses componentes lubrificantes naturais do diesel. Por outro lado maior quantidade de enxofre é ruim para o meio ambiente e saúde, pois aumenta as emissões de óxidos de enxofre, que promovem a formação das chuvas ácidas como também na combustão do diesel emitem o dióxido de enxofre, substância nociva à saúde humana tanto quanto ao meio ambiente.

A Agência Nacional do Petróleo vem incentivando a diminuição gradativa do teor de enxofre do óleo diesel no país, reduzindo as taxas para níveis próximos aos praticados na Europa.

O biodiesel é um combustível produzido a partir de óleos vegetais ou de gorduras animais, atendendo às especificações estabelecida pela ANP - Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis. Muito confundido com a mistura diesel + biodiesel que desde 2008 vem sendo disponibilizado no mercado com a designação DIESEL B * , onde o * significa quantidade de biodiesel na mistura. Ex B5 significa a mistura de 5% de biodiesel a 95% de diesel de petróleo e assim sucessivamente até chegarmos ao B100, ao biodiesel puro.Por ser um produto altamente contaminável e que tem a umidade como maior inimiga, exige uma maior atenção no manuseio (transferência) e na manutenção (armazenagem) que o dispensado apenas ao óleo mineral (diesel sem mistura), uma vez que o produto apresenta maior higroscopicidade (propensão a absorver água) e biodegradabilidade (degradação por ação de micro-organismos). Água absorvida para o tanque de óleo diesel tem o potencial de criar atividade microbiana, que degrada o combustível, gerando borras que satura elementos filtrantes mais rapidamente, além de prejudicar o funcionamento da bomba injetora ou bico injetor do motor diesel.

Tipos de Diesel Comercializado

Óleo Diesel B S (com adição de biodiesel), segundo determinação da ANP recebeu nomenclatura S conforme o teor máximo de enxofre. Normalmente conhecido como diesel rodoviário também é aplicável para fins industriais, agropecuários, geradores e ferroviário.

  • a) Óleo diesel B S10: combustíveis com teor de enxofre máximo de 10 mg/kg.
  • b) Óleo diesel B S500: combustíveis com teor de enxofre máximo de 500 mg/kg.

Óleo Diesel Marítimo, comercializado somente para embarcações marítimas, isentos de biodiesel, tem em sua especificação ponto de fulgor mínimo de 60°, minimizando risco de incêndio.